Pearl River


Reading

“The Great Wall and the Tiananmen Legacy” is a book by the portuguese author Raquel Vaz-Pinto that talks about China and human rights. I’m reading it and when I finish it I will write about it here.



blogues de livros e sanidade mental
March 1, 2010, 3:45 am
Filed under: China, da literatura, Macau | Tags: , , ,

Quando me meti no avião para Macau, decidi que deixaria de ler os blogues literários portugueses a partir daquele dia. 2009 foi um ano de muitos livros mas, principalmente, de torrentes de informação sobre livros. Tem sido bom descansar disso.

Os tempos agora fazem-se de leituras sobre Macau e a China. “Os Últimos Cem Dias do Império”, de José Pedro Castanheira, e “China – Uma História Cultural”, de Arthur Cotterell, são a companhia do que sobra dos dias.

Quando calhar voltarei a passar pelos Blogtailors, pela Ler e pela OML, para saber que pasa. Para já, poucas saudades.



talvez foder

Escreve José Rodrigues dos Santos em “O Codex 632”

“Parou de comer e fitou-o com uma expressão insinuante. ‘Sabe qual é a minha maior fantasia de cozinheira?’

‘Hã?’

‘Quando um dia for casada e tiver um filho, vou fazer uma sopa de peixe com o leite das minhas mamas.’

Tomás quase se engasgou com a sopa.

‘Como?’

‘Quero fazer uma sopa de peixe com o leite as minhas mamas’, repetiu ela, como se dissesse a coisa mais natural do mundo. Colocou a mão no seio esquerdo e espremeu-o de modo tal que o mamilo espreitou pela borda do decote. ‘Gostava de provar?’

Tomás sentiu uma erecção gigantesca a formar-se-lhe nas calças. Incapaz de proferir uma palavra e com a garganta subitamente seca, fez que sim com a cabeça. Lena tirou todo o seio esquerdo para fora do decote de seda azul (…). A sueca ergueu-se e aproximou-se do professor; em pé, ao lado ele, encostou-lhe o seio à boca. Tomás não resistiu. Abraçou-a pela cintura e começou a chupar-lhe o mamilo saliente.”

Maravilhas como esta dão muito que escrever sobre a qualidade do sexo na literatura portuguesa. Foi o que fez o meu camarada Luís Francisco, que assinou o tema de capa do Ípsilon da semana passada. A não perder, aqui.